6.jpg
Vai Vai

Vai Vai

No início do século, havia no bairro do Bixiga um time de futebol e grupo carnavalesco chamado Cai-Cai, que utilizava as cores preto e branco, tinha um grupo de choro e jogava no campo do Lusitana, próximo ao cruzamento das ruas Rocha e Una, na região do Rio Saracura. Por volta de 1928, um grupo de amigos, liderados por Livinho e Benedito Sardinha, ajudava a animar os jogos e festas realizadas pelo Cai-Cai, porém eram sempre vistos como penetras e arruaceiros, sendo apelidados de modo jocoso como "a turma do Vae-Vae". Expulsos do Cai-Cai, estes criaram o "Bloco dos Esfarrapados", e paralelamente, o Cordão Carnavalesco e Esportivo Vae-Vae, que foi oficializado em 1930.

Carnaval 2017 Carnavais Vai Vai

Terça, 05 Janeiro 2016 17:50

'Me sinto em casa na Vai-Vai', diz Ana Hickmann

Escrito por

Descendente de alemães, ela não esconde sua satisfação por atuar no Carnaval de São Paulo.

Ana Lúcia Hickmann Corrêa, conhecida internacionalmente como Ana Hickmann, nasceu em Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, em março de 1981, sendo a mais velha de cinco irmãos.

Modelo vitoriosa em sua carreira, ela tem uma outra uma grande paixão, além da família: a escola de samba Vai-Vai, maior detentora de títulos da folia paulistana.

Terça, 18 Agosto 2015 16:10

Primeira Eliminatória Vai Vai 2016

Escrito por

A campeã Vai Vai realiza neste domingo, dia 23, a partir das 19 horas, a primeira eliminatória de samba enredo para o carnaval de 2016.

Domingo, 16 Agosto 2015 10:47

Vai-Vai perde Dona Olímpia

Escrito por

Morreu neste sábado, dia 15, em razão de complicações em seu estado de saúde, Olímpia dos Santos Vaz, a Dona Olímpia, uma das baluartes mais queridades e respeitadas entre os sambistas de São Paulo.

olimpia2

VaiVai2016VaiVai2016Autor: Renato Lage

INTRODUÇĀO
País mais visitado do mundo, a França encanta, seduz, desperta os sentidos. Todos que costumam ir à pátria do escritor Vitor Hugo, da estilista Coco Chanel e do pintor Claude Monet, vāo em busca de realizar sonhos.
Os melhores e mais famosos perfumes do mundo estāo lá, bem como algumas das maravilhas do mundo construídas pelo homem, como a Torre Eiffel e o Museu do Louvre, que guarda a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, e a Vênus de Milo, entre outras obras grandiosas.

PARIS - CIDADE LUZ!
Sob o céu de Paris
Axterix e Obellix
Três Mosqueteiros,um por todos, todos por um!
la Concorde,Torre Eiffel,Les Invalides e Champs-Élysées.
Sob o céu de Paris
tem o Louvre, o Orsay, a Notre-Dame, gárgulas!

Quasímodo, o corcunda toca o sino,
toca rock, toca rap, acordeon...

Sob o céu de Paris
tem metrô, criptas, tesouros, muralhas medievais
muitos Luízes, o 8º, o 6º, acabando no quatorze!
o Rei Sol entāo se pôs.
Napoleāo "o imperador", que o caldo entornou
o povo libertou e em toda França ecoou o grito
Liberdade, igualdade e fraternidade!
Sob o céu de Paris
Conciergerie, Beaubourg e Marais,
etnias, Pompidou, arte e Dalí
tem balada, descolados, la Bastille
Tuileries, Montmartre, arte moderna!
Sob o céu de Paris
o Moulin Rouge
com o seu moinho vermelho no telhado
tem cancā, tem Lautrec, Erté e Baudelaire
Impresionismo!
"Loucura verde" absinto a embriagar,
loucura verde todos levados a flanar...

Quasímodo, o corcunda toca o sino,
toca rock, toca rap, acordeon...

Sob o céu de Paris
Coco Chanel, Cardin, Lacroix, Louboutin
Dior, Guaultier, Rabanne, Givenchy
Lacoste, Laroche, Mugler,
Saint Laurent, Vuitton e Hemes.

Sob o céu de Paris
Camambert, Brie, Roquefort, Emmental
Brasserie, baguete, pāo francês
vinho Merlot e Cabernet Sauvignon

Quasímodo, o corcunda toca o sino,
toca rock, toca rap, acordeon...

FOI NA GARRAUX que a paulicéia afrancesou...

Sob o céu de Sāo Paulo
"Au Bon Diable", "Les Printempts", modistas
cabeleireiros, penteados e perucas
perfumes, revistas e modistas
lingerie, soutien, bustiê, gola rolé
chapéus, guarda-chuvas, garoa, envelopes...
"... cidade, santidade urbana
intensidade humana
dispersāo-concentraçāo
de tudo que se anula reforçando afirmaçāo de vida-ebuliçāo..." (1)
Sob o céu de Sāo Paulo
Arte Moderna, 22, Macunaíma, Pau-Brasil
Paulicéia Desvairada, poesia, movimento.

Abaporu , o distorcido toca o sino,
toca rock, toca rap
Na catedral da Sé

Sob o céu de Sāo Paulo
Debret, Taunay, Corbusier,
Anhangabaú, Tupinambás, brancos e negros
o sol sempre muda de lugar...

Abaporu , o distorcido toca o sino,
toca rock, toca rap
No carnaval antropofágico!

"Sāo Paulo - SP
no umbigo tropical
do atlas nacional
explode-implode
tudo que é chique
No país do Carnaval..."

BRASIL EM BUSCA DO NOVO

FIM DA ESCRAVIDÃO! ACABA A MALDIÇÃO DA COR. A “LEI ÁUREA”, “FEITA DE OURO”, “RESPLANDESCENTE”, É ASSINADA! OS NEGROS ESTÃO LIVRES E SONHANDO COM UMA VIDA NOVA , COM ESPERANÇAS INFINDAS. ENCERRA-SE O CICLO DA EXPLORAÇÃO DA MÃO-DE-OBRA DO NEGRO E INICIA-SE OUTRA RELAÇÃO COM O IMIGRANTE. É O PAÍS PASSANDO POR MUDANÇAS, EM BUSCA DE UM NOVO BRASIL E DE UM NOVO BRASILEIRO QUE SE DEPARA COM O SONHO DE UMA VIDA LIVRE, NUM MUNDO REPLETO DE POSSSIBILIDADES E AMBIÇÕES QUE APOIAM AS MUDANÇAS.

É PROCLAMADA A REPÚBLICA POR MARECHAL DEODORO DA FONSECA.
O BRASIL HASTEIA SUA NOVA BANDEIRA A CENTELHA DA TRANSFORMAÇÃO INCENDEIA E SE PROPAGA POR UMA REGIÃO QUE FICA ENTRE DOIS RIOS O JAQUARI E O ATIBA IA, NA FAZENDA FUNIL, NO ESTADO DE SÃO PAULO.

A NOSSA HISTÓRIA COMEÇA AQUI!

HISTÓRIA ESSA QUE SERÁ CONTADA E CANTADA ENTRE AS ASAS DA LIBERDADE NO BERÇO EXPLENDIDO DOS BARÕES DO CAFÉ. O PODER ECONÔMICO SURGE POR ENTRE CHAMAS DA LOCOMOTIVA A VAPOR DA ESTRADA DE FERRO FUNILENSE QUE TRANSPORTAO FUTURO NESSE SOLO, COM A BENÇÃO E PROTEÇÃO DE SÃO BENTO “AFASTANDO ESSE BICHO PEÇONHENTO, ÁREA DE MUITAS COBRAS”.

SURGE O VILAREJO QUE, NO SEU EXPANDIR, SE VÊ OBRIGADO A TRAZER PARA O TRABALHO A MÃO-DE- OBRA DOS IMIGRANTES – OS ITALIANOS.
ESSES TRABALHADORES QUE FUGIAM DA MISÉRIA VINHAM, UNS SOZINHOS E OUTROS COM TODA FAMÍLIA, PARA O NOSSO BRASIL, TERRA DO ALGODÃO, CAFÉ, CANA DE AÇÚCAR, MILHO, CÍTRICOS, TERRA DE PROMISSÃO, ÉDEN DO BEM ESTAR, E DA FARTURA. RECOMEÇARAM DO
NADA, COM CORAGEM ALEGRIA E SIMPATIA, MESMO COM AS DIFICULDADES DA LÍNGUA E DA CULTURA. ERA O EMBRIÃO QUE DAVA VIDA A UM NÚCLEO URBANO MODES TO E QUE HOJE É UM IMPORTANTE MUNICÍPIO DO INTERIOR PAULISTA.

O TEMPO PASSOU… A CANA DE AÇÚCAR TRAZ A ESPERANÇA COM SEUS CAMPOS VERDEJANTES E, COM ESSA ESPERANÇA, APARECE A INDÚSTRIA DO ÁLCOOL ETÍLICO DO BRASIL.
TEMPOS DE GUERRA NA EUROPA.
OS TEMPOS SE TORNAM DIFÍCEIS…
O VILAREJO ENCONTRA SUA EMANCIPAÇÃO E, EM 28/02/1964, COMEMORA COM FESTA, MÚSICA, DANÇA E UM GRANDE CARNAVAL PELAS RUAS SEU STATUS DE MUNICÍPIO.
SURGE PAULÍNIA QUE HOJE COMEMORA 50 ANOS DE VIDA NAS CHAMAS CALOROSAS DESSE DESFILE DA VAI-VAI.

OS TEMPOS SE TORNAM MAIS DIFÍCEIS…
O PAÍS VIVE UMA DITADURA MILITAR, COM MUITAS LUTAS E MUITA INSTABILIDADE, NESSES ANOS DE CHUMBO, ANOS CINZENTOS, UMA NOVA CENTELHA DE VIDA DÁ O GRANDE SALTO DE PAULÍNIA: É INSTALADO O MAIOR PARQUE PETROQUÍMICO DA AMÉRICA LATINA. APARTIR DAÍ, SURGE COM TODOS OS CHOQUES AMBIENTAIS E COM UMA NOVA CULTURA, O QUE VAI MUDAR TOTALMENTE ESSE NOVO BRASILEIRO… DEPOIS DA EMANCIPAÇÃO O CRESCIMENTO DE PAULÍNIA, TANTO DO PONTO DE VISTA DEMOGRÁFICO QUANTO ECONÔMICO E CULTURAL, FOI VERTIGINOSO.

A GRANDE MIGRAÇÃO DE PEÕES OCORREU EM BUSCA DO TRABALHO NA CONSTRUÇÃO DA REFINARIA. A MAIORIA DELES ESTABELECEU MORADIA E
NOVAS FAMÍLIAS SE FORMARAM.

DE RETALHO EM RETALHO SE FAZ O TECIDO DE UMA HISTÓRIA DE NOVAS POLÍTICAS E DE CULTURA PÚBLICA.

OUTROS TIPOS DE PREOCUPAÇÕES SURGEM PARA PROTEÇÃO AMBIENTAL, CULTURAL E TAMBÉM PARA DESENVOLVER AS NOVAS NECESSIDADES
DESSA POPULAÇÃO QUE SE TORNAVA BEM SUCEDIDA, NESSES NOVOS TEMPOS.

CAMINHOS DIFERENTES PARA A FORMAÇÃO DESSE CIDADÃO CONSCIENTE SÃO CALCADOS NA CULTURA QUE COMEÇA A ESPELHAR PARA O PAÍS,
COM A CHAMA DO SABER E DA EDUCAÇÃO.

HOJE PAULÍNIA NO MEIO DO PROGRESSO E CULTURA É UMA CIDADE MARCADA POR UM GRANDE DESENVOLVIMENTO, MOVIDA PELO DESAFIO DE PROMOVER A ENERGIA CAPAZ DE IMPULSIONAR O DESENVOLVIMENTO E GARANTIR O FUTURO DA SOCIEDADE COM COMPETÊNCIA, ÉTICA, CORDIALIDADE E RESPEITO À DIVERSIDADE. VAMOS PASSAR POR PAULÍNIA E CONHECER TUDO DE AGRADÁVEL E IMPORTANTEQUE NOS
OFERECE NO SETOR DE MÚSICA, TEATRO, DANÇA FESTIVAIS, TECNOLOGIA E ESPORTES. A META É TER CULTURA E FAZÊ-LA SER UMA SEGUNDA FONTE DE RENDA DA CIDADE.

DESDE ÉPOCA DA EMANCIPAÇÃO, O FUTEBOL COMPARTILHADOCOM O BOCHA, SEMPRE FORAM OS ESPORTES MAIS POPULARES DE PAULÍNIA E,
ATÉ OS DIAS ATUAIS, ONDE OS JOGOS DESPORTIVOS DOS TRABALHADORES FAZEM SUCESSO NA CIDADE. PAULÍNIA TEM TRADIÇÃO NO BICICROSS COM UMA DAS MELHOES EQUIPES DO BRASIL. OUTROS ESPORTES SÃO POPULARES NA CIDADE, COMO O BASQUETE, O
HANDEBOL E O VOLEIBOL. A PREFEITURA E O PARQUE INDUSTRIAL DE PAULÍNIA SÃO OS GRANDES INCENTIVADORES DOS ESPORTES, CULTURA E LAZER QUE CADA VEZ MAIS SURPREENDE A REGIÃO E MOSTRA A COMPETÊNCIA NA EDUCAÇÃO, TENDO SIDO OS PRIMEIROS A FORMAREM A BIBLIOTECA VIRTUAL ONDE, EXPRESSIVO NÚMERO DE ALFABETIZADOS TEM ACESSO GRATUITO A INTERNET, AO FUTURO E A UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA.

ENTRE AS MAJESTOSAS COLUNAS GREGAS DO TEATRO MUNICIPAL DE PAULÍNIA VEMOS NASCER O GRANDE IDEAL DESSA ARTE QUE DESPERTA
NO SEU POVO O MELHOR DE SUA ESSÊNCIA: A SUA LIBERDADE DE EXPRESSÃO, ASAS À SUA IMAGINAÇÃO, A ÉTICA E O RESPEITO À
CIVILIZAÇÃO.

O TEATRO, A DANÇA E A MÚSICA SÃO A GRANDE MISSÃO DA SECRETARIA DA CULTURA DE PAULÍNIA NO SENTIDO DE AMPLIAR, ATRAVÉS DE CURSOS DE MÚSICA, DANÇA E REPRESENTAÇÃO, O INTERCÂMBIO CULTURAL E EDUCACIONAL LIGANDO A ARTE ENTRE ALUNOS, PROFESSORES E FUTUROS PROFISSIONAIS DA CIDADE, FORMANDO O CIDADÃOCAPAZ DE PARTICIPAR DA VIDA CULTURAL E CRIANDO UM NOVO PÚBLICO COM
GOSTO PELA CULTURA.

“LIBERDADE, LIBERDADE”, TEXTO DO JORNALISTA MILLOR FERNANDES, MONTADO PELOS ALUNOS DO DEPARTAMENTO DE TEATRO DURANTE A
SEMANA DA CULTURA NEGRA, É UMA DAS GRANDES VITORIAS DA ARTE.

PAULÍNIA A MAGIA DO CINEMA

O POLO DE CINEMA VEM CADA VEZ MAIS SE FIRMANDO NO CENÁRIO NACIONAL E, COM GRANDES PRODUÇÕES DESSA NOVA GERAÇÃO DE CINEASTAS, ESTÃO SENDO FORMADOS PROFISSSIONAIS NAS MAIS DIVERSAS ÁREAS. NOS ÚLTIMOS FILMES, FORAM USADOS A PRÓPRIA
POPULAÇÃO DA CIDADE PARA ATUAR COMO FIGURANTES. ALGUNS DOS FILMES PRODUZIDOS: O MENINO DA PORTEIRA/ SALVE GERAL / O HOMEM DO FUTURO / A BUSCA / O PALHAÇO.

COM O DESENVOLVIMENTO DO POLO E OS PRIMEIROS FILMES QUE FORAM RODADOS NA CIDADE, ERA NATURAL QUE A SECRETARIA DA CIDADE CRIASSE UM ESPAÇO PARA O ENCONTRO E A TROCA DE EXPERÊNCIAS: “PAULÍNIA FESTIVAL DE CINEMA” QUE DEPOIS DE ALGUMAS EDIÇÕES ESTÁ CHEGANDO AO TOPO DOS FESTIVAIS DE CINEMA DO PAÍS.

ELE VEIO PARA FICAR!

O POLO DE CINEMA TEM MUITO QUE SE ORGULHAR DE ESTAR JUNTO COM AS PRODUÇÕES BRASILEIRAS NOS GRANDES FESTIVAIS DE CINEMA
PELO MUNDO, OSCAR, CANNES, BERLIM E NESSE CARNAVAL, PREMIANDO E SENDO PREMIADO PELAS CHAMAS DA VAI-VAI.
PAULÍNIA É UMA CIDADE DE SONHADORES, GENTE QUE INVENTA UM MUNDO MAIS BONITO, MODERNO, SUSTENTÁVEL, RECICLADO, QUE CUIDA DA CULTURA, FORMANDO PESSOAS CULTAS, FELIZES E PERSISTENTES E QUE NÃO SEGUEM O CAMINHO COMUM: TRILHAM SEUS SONHOS. CONSTROEM CONHECIMENTOS QUE INTEGRAM O CURRÍCULO ESCOLAR DANDO INFORMAÇÕES SOBRE CINEMA, TEATRO E MODERNIDADE.

ENSINA COMO CONVIVER COM AS DIFERENÇAS E AUTONOMIA NECESSÁRIA PARA COMPREENDER O MUNDO A SUA VOLTA COM CRITICIDADE INERENTE AOS CIDADÃOS CONSCIENTES DE SEUS DIREITOS E DEVERES. ESSA É A ESSÊNCIA DESSA POPULAÇÃO EM FORMAÇÃO, JOVENS CRÍTICOS QUE SABEM REIVINDICAR COM RESPONSABILIDADE E MUITA PAZ. SINAL DE UMA SOCIEDADE MELHOR.

PAULÍNIA ESTÁ FORMANDO CIDADÃOS PREPARADOS PARA OS DESAFIOS DO MUNDO, UM NOVO BRASIL NAS MÃOS DESTE NOVO BRASILEIRO.

ABERTURA:

SANGUE DA TERRA

Nasci antes da Escrita e já escreveram bastante a meu respeito. Transformaram-me em predicado, verbo e sujeito de orações que ecoam pelo Infinito.

 

Benditos frutos que me deram Vida e, com ela, a eterna missão: Celebrar a paz e a união entre homens e nações, uma espécie de porta-voz do Coração.

 

Lembro-me das Bodas de Caná, cerimônia de casamento entre judeus, Famílias se uniam na alegria, mas, se bebida não havia.

Como poderiam celebrar?

 

Foi quando o Mestre intercedeu, atendendo ao pedido de Maria.

A água que enche seis talhas carrega-se em tinta e sabor um doce aroma, então se espalha, e com ele, surpresa e rubor.

 

Eis que um milagre se encerra diante dos noivos e convidados

A água transformada em vinho! Abençoado e purificado, 

Sou, então, o Sangue da Terra!

 

Também constam nas Sagradas Escrituras outra passagem interessante:

Depois do Dilúvio, quando preservou Criações e Criaturas

Noé não se esqueceu de um detalhe importante:

Cultivou sementes do trigo e da videira, símbolos de nossa existência,

Corpo e Alma que se multiplicaram pela Terra inteira!

 

II – CELEBRANDO A VIDA

 

Com a sua mania de explicar, o homem decretou a minha sina.

Se não sabia onde era o meu lar, imaginou que eu fosse obra

da Criação Divina.

 

Se tivesse uma pátria, diria que nasci no Oriente.

Mas, a verdade é que surgi, simultaneamente, na África,

Europa e na Ásia, o maior dos continentes.

Os egípcios foram os primeiros a saborear, Gregos e Fenícios me transportaram pelo mar, os Romanos fincaram minhas raízes

nos caminhos da sua ânsia de conquistar.

 

Fui testemunha de uma inusitada disputa de poder.

Para surpreender seu convidado e revelar a força do Egito,

Cleópatra organizou o maior de todos os banquetes,

Tecendo as teias de um flerte com Marco Antonio, já enfeitiçado.

 

Mandou os criados servirem o que havia de mais saboroso,

E para celebrar o início do namoro, colocou no cálice do todo-poderoso

O seu fantástico par de brincos de pérolas e ouro!

 

III – CÁLICE BENTO

 

Com a queda dos Romanos, videiras cultivadas por mãos escravas

ficaram ao abandono. Nas trevas da Idade Média

Dormi um longo sono e envelheci em barris, meu novo trono.

Agora, servia ao Senhor, fazendo parte da Liturgia e da Eucaristia em Seu louvor.

 

IV - SABOR BRASIL

 

Chego ao Brasil trazido por mãos portuguesas, com certeza,

mas foram os italianos que ouviram os conselhos do Minuano.

Semearam as minhas videiras nas altaneiras serras do

Rio Grande do Sul. 

Cresci admirando esse manto azul que cobre terras amigas,

abençoando pobres e ricos, brancos e negros,

como na Ceia do Bexiga!

 

Gregos e romanos começaram uma festa, parecida com essa, celebrando a alegria. Brindemos à nossa gente bamba,  à Mitologia do Samba e a esse povo festeiro!

Ora, viva o Vinho Brasileiro!

 

  V - A ARCA DO FUTURO

 

Sou fonte de inspiração:

luz, câmera, ação! Arte, energia e emoção.

Na tela do cinema nos versos de um poema no calor de uma paixão

Sou a harmonia de vários elementos o detalhe de cada sentimento

 

E preciso de um momento para a sua reflexão, a vida depende do equilíbrio da Natureza e ela, só depende da gente.

Levem para a Arca do Futuro e guardem em local seguro

todas as provisões que serão legadas às novas gerações.

Mas, não se esqueçam de minhas sementes...

 

Quando estiverem no futuro abrigo

Matando as saudades desse velho amigo

Tenham muita atenção:

Celebrem com alegria,

Mas bebam com moderação.

 

Saúde, Vai-Vai! 

 

Um brinde a vida!

 

 

 

 

 

Cahe Rodrigues

Carnavalesco

 

Pesquisa e Roteiro:

Cahe Rodrigues, Marta Queiroz e Cláudio Vieira

Novos tempos... Nova era, a era da superação!!!

Os seres humanos, entes pensantes e dotados de inteligência, ao longo de sua conturbada história de transformação do planeta água que habita, por inúmeras vezes demonstrou que a sua faculdade de pensamento conduziu a humanidade por caminhos nada dignos de elogios.

Neste enredo, o grito audacioso da VAI-VAI ecoa a toda nação e ao planeta que é chegada a hora ! Este grito e uma coisa corajosa proposta a responsabilidade que cada um tem para que "Em uníssono", clamar pela panacéia de todos os males.

Algumas civilizações deixaram registro na história sobre a conduta de higiene, conhecimentos de medicina e curas que elevaram a qualidade de vida de seus cidadãos.

Grande exemplo para nós foi a conquista da península ibérica pelos mouros, os quais lá permaneceram por oito séculos, influenciando de forma altamente positiva com sua progressista tecnologia, hábitos de higiene, sanitarismo, arte, arquitetura, matemática e principalmente medicina, benefícios que perduram ate nossos dias na cultura ocidental.

Os séculos que se seguiram a sua expulsão foram deploráveis no aspecto da saúde humana.

A instituição do "corpo de pecado" da cristandade sepultando a natural nudez humana

no peso da condenação por luxuria, a negação dos salutares banhos corpóreos aliados

ao fechamento dos "banhos públicos", também herança do império Romano, resultou na paulatina abolição do costume.

O resultado foi a disseminação da "Peste Negra" que dizimou 30 % da população européia.

O Homem vitruviano e o nosso paradoxo, uma real contradição, sendo saudável e viciado, antigo e moderno, são e enfermo, belo e grotesco, natural e mecânico, perfeito e anômalo e o nosso grande artífice da SUPERAÇÃO.

A medicina que é misteriosa e encantadora aliviou as dores da humanidade ora lançando mão das Panacéias, ora das curas supra-fisicas.

Desde os primórdios grandes xamas, sacerdotes, monges, gurus, astrólogos, magos, alquimistas e médicos... Todos pertencem e obedecem a grande mandala universal que define os rumos da evolução e do conhecimento humano.

Na mandala há o equilíbrio de forças e agentes, há a contagem do tempo e suas exigências. Há a infusão da cura ou sua supressão, há luz e sombra... Terror e glória !

Agora é a hora! E antes que a morte chegue em asas ligeiras assolando, dizimando e sangrando corações a VAI-VAI olha para o futuro, respaldada pelas glórias do passado, e grita bem alto, caminhando e cantando, no rastro das alas e alegorias pelo piso limpo do sambódromo, seguindo os passos do homem vitruviano.

Mãos para o céu, acolhendo as bênçãos e fluvios celestes, juntos com todo o povo do criado entoando a palavra-chave que a conduz neste carnaval:

" SAUDE PARA TODOS "

Chico Spinosa

Carnavalesco

Terça, 01 Janeiro 2008 11:55

2008 - VAI-VAI ACORDA BRASIL

Escrito por
Página 1 de 5

Área Restrita

Apoio

© 2016 SPcarnaval.com.br- spcarnaval@spcarnaval.com.br - Todos os Direitos Reservados